Banco de capacitores fixo

Os bancos de capacitores fixos podem ter Leds para indicação das fases energizadas, amperímetro para indicação da corrente por fase e disjuntor e seccionadora para proteção geral do equipamento. É a opção mais simples para a correção do fator de potência e indicada principalmente para a correção do transformador em vazio.

Pode ser utilizado em cargas que nunca desligam e tem seu fator de potência constante. Também podem ser utilizados em conjunto com contatores próprios para o acionamento de capacitores e ligados diretamente ao motor sendo que só podem ser energizados depois que o motor já entrou em regime.

Obs: Apesar de ter o fator de potência corrigido e a eliminação da energia reativa excedente, se utilizarmos os bancos de capacitores fixos para toda a empresa, quando as cargas (motores, transformadores, etc) desligarem, a rede poderá ficar capacitiva (excesso de capacitores ligados) elevando a tensão da rede. Com a elevação da tensão, aumentará o consumo de energia ativa da empresa, aumentando assim a conta de luz e o risco de queima de equipamentos. Conclusão: com a solução mais simples e de menor custo, elimina-se a multa da energia reativa, porém pode ocorrer um aumento do consumo ativo e queima de equipamentos eletro-eletrônicos do estabelecimento.